Condições contratuais gerais:

1 – CLÁUSULA DE RESPONSABILIDADE

A COLOMBIA SURF TRAVEL está coberta por leis de proteção e regulamentações contida na lei nº 679 de 2001 sobre consequências legais e criminais por exploração e abuso sexual de menores. A CST não interfere contra operações de portadores independente do modo de transporte; consequentemente, o portador se responsabilizará pelo serviço de transporte aéreo, exceto em caso de voo fretado segundo as condições de contrato de transporte.

2 – CONHECIMENTO E ACEITAÇÃO DOS TERMOS.

O cliente reconhece e aceita as condições gerais do programa, pacote ou excursão que está adquirindo, de acordo com as informações providas pela CST. Como testemunha do qual, o cliente assinará este documento e fará o depósito correspondente. De acordo com os destinos da programação, a CST prestará informações a serem consideradas pelo viajante em diferentes etapas da viagem. Isso é feito a fim de assistir ao viajante e não é uma obrigação ou compromisso da CST.

3 – ALTERAÇÕES NA PROGRAMAÇÃO E LIMITAÇÃO DE RESPONSABILIDADE.

Os organizadores da viagem podem fazer alterações na agenda devido a imprevistos no itinerário, quer aéreo, terrestre ou marítimo, que resultem de uma situação de força maior ou acidental. A CST não é responsável pelos atrasos, cancelamentos ou dificuldades causadas por acidentes, greves ou fenômenos naturais tais como terremotos, furacões, vagas, neve, ciclones, tornados, deslizamentos, avalanches, etc., bem como por dificuldades mecânicas ou meteorológicas que requeiram provedores de serviços para realizar cancelamentos ou mudanças em itinerários ou rotas. Também, a CST não é responsável por incidentes que possam ocorrer dentro de estabelecimentos e/ou hotéis, hostels, acampamentos, utilizados durante o itinerário da viagem.

4 – DEPÓSITOS E DATAS DE PAGAMENTO.

A fim de garantir a reserva, é essencial que a pessoa que esteja adquirindo os bens/serviços faça um depósito correspondente de 50% (CINCUENTA POR CENTO) do total do preço do pacote. Este valor será pago como uma parcela do valor total, contanto que isso seja feito 90 dias antes da data agenda para o início da viagem. Entre 30 e 15 dias antes da data agendada para a partida, o viajante terá de ter pagado 100% (CEM POR CENTO) do valor total do programa, pacote, etc., incluindo impostos e sobretaxas adicionais e outros valores variáveis que se apliquem.

5 – CANCELAMENTOS E DEVOLUÇÕES.

A CST reserva-se ao direito de cancelar o programa, plano ou pacote, ou de cobrar uma taxa por prestação de serviço particular caso não atinja o número de participantes que são requeridos para o mesmo, se uma situação de força maior ocorrer ou em geral, quando a CST decidir que não é possível ser realizado. Nesses casos, é dado ao viajante o direito de ser reembolsado pela quantia paga até o momento. Se a CST oferecer uma data alternativa próxima, o valor pago pelo passageiro pode ser aplicado a essa próxima alternativa, contanto que haja consentimento prévio. Em conformidade com o artigo nº 65 da Lei nº 300 de 1996, a CST pode reter o depósito recebido do cliente ou solicitar uma porcentagem do valor total da viagem, de acordo com as seguintes situações:

  • A – Se o cancelamento for realizado dentro de 90 dias anteriores à data de partida programada para a viagem, a CST reterá 10% (DEZ POR CENTO) do valor do assinante, exceto em casos onde o passageiro queira manter o depósito para viajar noutra ocasião dentro de um período máximo de 12 MESES, iniciando a partir da data de pagamento do depósito.
  • B – Se o cancelamento for realizado entre 89 a 30 DIAS anteriores a data de partida programada, a CST reterá 20% (VINTE POR CENTO) da quantia total paga.
  • C – Se o cancelamento for realizado dentro de 20 a 15 DIAS anteriores a data de partida programada, a CST reterá 50% CINQUENTA POR CENTO da quantia total paga.
  • D – Se o cancelamento for realizado dentro de 14 DIAS anteriores da data de partida programada, a CST reterá 100% (CEM POR CENTO) da quantia.

NOTA: Uma vez que a viagem inicia, caso o passageiro por alguma razão de força maior, como doença, capricho ou repulsa, tenha de retornar para casa, a operadora não é responsável pelos custos extras de retorno ao seu país ou cidade origem, e deverá arcar com os custos extras da rota e/ou modificações de datas aplicáveis. Nenhuma prestação será restituída. A CST reintegra os valores que possam se aplicar conforme detalhado acima, desde que as reclamações sejam recebidas por escrito e sejam aplicáveis em conformidade com as políticas contratuais definidas pela COLOMBIA SURF TRAVEL. Reembolsos e devoluções serão feitos em 45 dias corridos após o recebimento formal da reclamação. Isso é feito se e quando o provedor de serviço já tiver compensado os valores correspondentes.

6 – VISTOS E DOCUMENTOS DE VIAGEM.

Em casos de negação ou atraso em solicitar vistos ou passaportes, ou falha em qualquer requisito previamente informado ao turista e esses impedirem-no de viajar, o cumprimento conforme contemplado na cláusula de cancelamento será executado. As autoridades de imigração de países a serem visitados detém o direito de permitir a entrada ou a saída de turistas, de forma que a CST não é responsável por sua entrada ou saída de diferentes países. Se este for o caso, o passageiro será responsável pelos custos que possam se aplicar.

7 – SANÇÕES.

A CST reserva-se ao direito de retirar do programa o passageiro cujo comportamento ameaçar o sucesso do mesmo, e a tranquilidade e integridade de outros viajantes. Neste caso, a pessoa cobrirá os custos que possam estar envolvidos na rota e/ou modificações de datas, em adição a nenhum reembolso da quantia paga pelos serviços. O passageiro é responsável por seu comportamento durante todo o curso da viagem, bem como por quaisquer problemas de natureza civil ou criminal em que se envolva. Portanto, o passageiro assumirá pessoalmente quaisquer consequências de situações que possam surgir, além dos custos e penalidades de cancelamento se houver base para tais. Para este propósito, o comportamento será avaliado e informado ao viajante ofensor através um documento oficial na presença de várias testemunhas.

8 – OBJETOS PESSOAIS E BAGAGEM.

Os equipamentos permitidos para cada viagem ou excursão podem mudar que pela rota ou companhia aérea. Os custos por excesso de bagagem não são estipulados ou controlados pela CST. Caso surja tal situação, o passageiro assumirá os custos por isso. Não nos responsabilizamos por quaisquer deteriorações, danos ou roubos que ocorram durante a viagem. Cada indivíduo participante é inteiramente responsável por sua bagagem e seu conteúdo (objetos pessoais).

9 – DADOS PESSOAIS.

O cliente autoriza a CST a armazenar seus dados pessoais e/ou comerciais em seu banco de dados, segundo o artigo da Lei nº 1581 de 2012 e Decreto nº 1377 de 2013. Essas informações podem ser acessadas, administradas, verificadas e/ou atualizadas de acordo com as políticas da CST.

10 – MÉRITO EXECUTIVO.

TODOS OS CONTEÚDOS DESTE ACORDO ESTÃO CLAROS. A QUEBRA TOTAL OU PARCIAL RESULTARÁ EM MULTAS E PENALIDADES PELA COLUMBIA SURF TRAVEL. COM MINHA ASSINATURA, EU DECLARO QUE ESTOU CIENTE DAS CONDIÇÕES E REGRAS E QUE AS ACEITO INTEIRAMENTE. OS PROCESSOS DE PAGAMENTO E LIQUIDAÇÃO ESTÃO CLAROS PARA MIM. TAMBÉM ESTOU CIENTE DE QUE OS VALORES PODEM MUDAR DEVIDO A OSCILAÇÕES DE PREÇOS E DO CÂMBIO, REGULAMENTOS DA IATA, OU MESMO ALTERAÇÕES DE TAXA OU PUBLICAÇÃO ESTABELECIDAS EM CADA PAÍS.